sexta-feira, 20 de maio de 2011

Vai começar mais um Brasileirão

Considero que o campeonato brasileiro deste ano será um dos mais difíceis em um dos mais disputado dos últimos anos.

Um dos motivos é que todos os chamados grandes clubes estarão participando. Isto também já aconteceu no ano passado, quando quase fomos rebaixados. Outro motivo é a presença de vários ótimos jogadores nos elencos dos grandes times e a vontade da maioria em ficar por aqui, por causa da Copa do Mundo que se aproxima.

Outro detalhe é que para os grandes clubes que foram desclassificados da Libertadores (Cruzeiro, Grêmio, Inter e Fluminense) só sobrou o Campeonato Brasileiro para disputar este ano. Ou seja, vão entrar com o time completo desde a primeira rodada e no segundo semestre não vão disputar a Sulamericana (que será disputada por Atlético-PR, Botafogo, São Paulo, Palmeiras, Vasco, Ceará, Atlético-MG e Flamengo). Apenas a seleção brasileira pode desfalcá-los. Ainda assim, pela última convocação do Mano Menezes, apenas dois jogadores do Cruzeiro e um dos demais times.

Considero Inter, Cruzeiro, Santos, São Paulo e Corínthians como times de primeiro escalão, que não correm perigo de rebaixamento. Os três primeiros devem brigar pelo título e os outros dois paulistas devem brigar por uma vaga na Libertadores. Acredito mais no time mineiro e no gaúcho.

Num segundo patamar, coloco times grandes que já mostraram no passado que tanto podem fazer sucesso como fiasco: Grêmio, Palmeiras, Atlético-MG e todos os cariocas. Destes, considero Botafogo, Vasco e Atlético-MG como aqueles que correm mais perigo em ficar na parte debaixo da tabela. Acho que um dos três vai disputar a série B do ano que vem. Grêmio e Palmeiras devem ficar na zona da Sulamericana e a dupla Fla-Flu é uma incógnita. O rubro-negro, pelo investimento que fez com o mega-star Ronaldinho, vai estar pressionado para ficar na zona da Libertadores. Acho que não consegue. Não acredito que o time do pó-de-arroz repita a campanha do ano passado, mas não creio que vai correr perigo. Também deve ficar na zona da Sulamerica.

No terceiro bloco temos os times médios que já brilharam: Coritiba, Atlético-PR e Bahia. Não sei se o Coxa, time sensação deste início de ano manterá o pique. Depende muito do resultado da Copa do Brasil. Acho que tem time para brigar lá em cima. O Atlético-PR, apesar da ótima campanha do ano passado, acho que vai ter um ano de sofrimento, principalmente se o interminável Paulo Baier não render o que pode. Acho que o time baiano vai freqüentar a parte debaixo da tabela e corre risco de rebaixamento.

No último bloco, temos os que sempre lutam primeiro para permanecer e depois para alcançar algo a mais: Avaí, Figueirense, América-MG, Atlético-GO e Ceará. Acho que os vizinhos letrados, apesar do futebol sensação que encantou a todos ... da imprensa, não montou uma equipe competitiva para o campeonato deste ano. Sem querer secar, mas já secando, acho que são candidatos a voltar para a série B (não estou sozinho nesta opinião). Não sei o que o Coelho de Minas preparou, mas não acredito em longa vida deles na elite. O Atlético Goianiense tem um time ajustado e acredito que com o susto que levou no ano passado, deve conseguir permanecer mais um ano na série A. E o time cearense já mostrou que é osso duro de roer em casa e deve fazer pontos suficientes para alcançar a Sulamericana novamente.

E o Leão?

No começo do ano, as contratações deram uma grande esperança para a torcida. Depois, o campeonato estadual deixou esta mesma torcida preocupada. E agora, com o desempenho da Copa do Brasil, tem gente delirando.

Os resultados da Copa do Brasil têm que ser vistos com cuidado. Por um lado, ele provou que temos time para encarar os grandes do Brasil. Por outro, o Brasileirão é um campeonato longo, em que os jogadores não se entregam em todos as partidas, como fazem no mata-mata da Copa do Brasil. Haverá muitos jogos com desfalques, por conta de contusões e cartões. Para compensar, acho que o elenco deste ano é mais homogêneo que o do ano passado (e melhor).

Acho que temos um bom elenco e podemos ficar tranqüilamente na zona da Sulamericana. Entretanto, não poderá bobear, porque cada ponto perdido poderá fazer muita falta lá na frente.

Chegar na Libertadores ainda é muito difícil, pelo menos via Brasileirão. É claro que para quem já chegou na sexta colocação, não é demais sonhar com a quinta ou a quarta vaga do torneio continental. Nossa chance de se classificar para o torneio das Américas está na Copa do Brasil, onde acho que temos muita condição de levantar o caneco.

Nosso primeiro desafio será contra o Flamengo, que apesar da eliminação da Copa do Brasil, sempre é um time forte em casa, por conta da torcida, da camisa e da arbitragem. Não sei que o Silas vai escalar, mas acredito num mistão, deixando alguns jogadores descansando para a Copa do Brasil. Não acho errado e não vejo nenhuma relação com a tática que deu errado no ano passado, quando o Antônio Lopes resolveu poupar o time por causa da Sulamericana e dalí pra frente, deu tudo errado.

Agora estamos numa semi-final de Copa do Brasil e o campeonato brasileiro está apenas na sua primeira rodada. É claro que o Leão não tem time para se dar ao luxo de perder pontos por achar que vai recuperar lá na frente. Mas é um risco que temos que correr este ano, pois se não, podemos ficar sem nada.

Acho que vai dar novamente empate com o rubro-negro, mas como a maré anda boa, não duvido que consigamos uma vitória.

Estarei amanhã, na frente da TV, torcendo novamente pelo nosso Avaí.

Vai pra cima deles, Leão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados