quarta-feira, 8 de junho de 2011

Gallo? O que falar dele?

Notícias contam que Alexandre Gallo será o novo técnico do Avaí. Um dos pontos negativos do Márcio Goiano era sua identificação com o time multicolorido. E o Gallo? Bem, ele ficou menos que um ano aqui em Florianópolis (setembro de 2007 a maio de 2008), quando saiu para treinar o Atlético-MG. Acho que não se tornou ídolo pelas bandas do Estreito. Então não vejo nele esta identificação toda. Se formos por essa linha de quem treina lá não pode treinar aqui, não poderemos aceitar o Muricy Ramalho ou o Adilson Batista treinando o Avaí. Se aceitamos o Marcinho Guerreiro e o Rafael Coelho e antes o Roberto, jogando, porque não aceitar o Gallo treinando?

O que temos que discutir é sua capacidade como técnico. Diferente do MG, Gallo tem muita experiência. Já foi técnico do Santos, do Inter e do Atlético-MG. Nos últimos anos treinou times na série B, como Bahia e Náutico, além do Santo André, na série A de 2009. Estava treinando o Al-Ain, mas não quis renovar o contrato.

Sua permanência nas equipes parece sempre ser curta:

Santos- 20 V, 11 E, 11 D (6 meses)
Inter - 9 V - 3 E - 9 D (106 dias)
Atlético-MG - 4 V, 4 E e 6 D (50 dias)
Bahia - 21 V, 10 E, 8 D (6 meses)
Santo André - 2 V, 0 E, 5 D (36 dias)
Náutico - 21 V, 8 E, 15 D (7 meses)
Al-Ain - 19 V, 9 E, 10 D (7 meses)

Como treinador tem 4 títulos, sendo 2 estaduais. uma Recopa Sulamericana pelo Inter e um a Radif Cup pelo Al-Ain.

Parece que não deixou saudade na maioria dos times que treinou. Tem fama de linha dura. Será que vai dar certo no Avaí. Não tenho muita fé nele, mas vou esperar para ver como o time vai jogar e os resultados, para depois falar.

De qualquer maneira, se realmente assinar com o Avaí (isto ainda não aconteceu), desejo boa srte a ele. Que seja bem vindo e tenha sucesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados