sexta-feira, 22 de julho de 2011

Avaianos x Avaianos

O azedume que tomou conta de grande parte da blogosfera avaiana em relação a diretoria do Avaí já está me enjoando. Falar de futebol que bom, quase de nada.

Isto está me lembrando o tempo que eu freqüentava o fórum de discussão do site Sou Avaiano, provavelmente o primeiro ponto de encontro virtual dos torcedores avaianos, lá em 2006.

Era época das vacas magras, da série B, quase caindo para C, do crescimento do Tombense. A turma se dividia entre bombeiros e incendiários (apelidados uns pelos outros). Muitas críticas eram válidas, mas havia também muita falta de respeito e acusações infundadas.

Parecia que elogiar o Avaí, em qualquer coisa que fosse, era sinal de falta de amor ao clube, porque “os verdadeiros avaianos não podiam aceitar tamanha incompetência”. Era época do "Fora Zunino" e de muitas armações para formar uma chapa de oposição. Depois de certo tempo, enjoei daquele festival de falta de educação e de troca de xingamentos e acusações. Nada contra o site, que até hoje faz parte dos meus favoritos, mas contra aquela turma de sabichões e mal-educados.

Aí começaram a surgir alguns blogs, a começar pelo Elite Azul & Branca, do saudoso Tullo Cavallazzi. Ele também criticava o time, mas tinha respeito pelas pessoas que trabalhavam no clube, além de sempre ter uma visão otimista de tudo. Era chamado pela turma raivosa de blog chapa branca. Mas o que suas postagens mostravam claramente era o amor que tinha pelo Avaí.

Com o tempo, outros blogs surgiram, cada um com seu jeito de escrever e com sua opinião. E isto é muito bom, porque a gente pode escolher o que ler, sem estar amarrado a uma ditadura de opiniões, como acontece na imprensa catarinense. Há blogs para todos os gostos, desde os mais críticos, que reclamam de tudo e de todos, até os mais amenos, que tentam sempre ver uma luz no fim do túnel, passando pelos que transitam pelos dois extremos.

Eu leio um pouco de tudo. Há alguns poucos que já não tenho mais estômago para ler, o que de maneira nenhuma tira o valor deles. É apenas uma opção minha. Ressalto que leio bem mais blogs do que aqueles que estão na minha lista de preferidos. É que estes fazem parte da minha leitura diária. Tem outros que ainda não tive tempo de incluir.

Entretanto, voltando ao tópico inicial, está havendo uma onda de reclamações muito grande. Até concordo que os ingressos estão caros, que a mensalidade poderia ser reduzida, que o Conselho Deliberativo andou fazendo reuniões que não levaram a nada, que o time está ruim, que a Diretoria já contratou uma carrada de gente e até agora não montou um time, etc.

Mas a má vontade também está muito grande. Qualquer ato da diretoria é criticado.

Eu também já critiquei e critico a diretoria por várias coisas, mas daí a reclamar de tudo vai uma grande diferença. Tem gente torcendo contra o Gallo! Para com isso. Não duvido que como naquele tempo de vacas magras, tenha gente querendo que o Avaí seja rebaixado para posar de salvador da pátria e assumir o comando.

Não conheço ninguém na diretoria e nem estou aqui para defender nenhum deles, mas que eu me lembre, quando o Zunino assumiu o clube, estávamos na série B, o último título tinha sido em 1998 e a Ressacada era um pouco melhor que o campo do Guarani da Palhoça. Olhem como está o clube hoje.

Conseguiu levar o clube para a série A, foi bicampeão estadual, chegou às quartas-de-finais da Sulamericana, fez a melhor campanha de um time catarinense na série A, chegou nas semi-finais da Copa do Brasil.

Por causa disso ele pode fazer o que quiser com o clube? Claro que não. Devemos fiscalizar e criticar o que estiver errado. Mas é possível criticar sem agredir. Um pouco de respeito é bom, pois ele merece, por tudo que já fez pelo clube.

Se é para ter uma oposição do estilo que temos na política, do quanto pior melhor, prefiro que não a tenhamos.

De minha parte, estarei torcendo pelo Avaí, para que ele consiga sair deste atoleiro. Eu não torço para o Avaí por causa do técnico, dos jogadores ou da diretoria. Eu torço porque gosto do Avaí.

4 comentários:

  1. Meu caro Paulinho, então deixa eu te dizer uma coisa. Eu trabalho na empresa do homem, há 30 anos. Acompanhei de perto toda a construção do Avaí nestes anos, desde que ele assumiu. Te garanto, com toda a certeza, sem medo de errar, que não há ninguém mais avaiano que ele. Pode haver igual, mais não existe.
    Foi difícil, foi muito complicado no começo e acredito que se ele não amasse tanto o clube, teria pedido o boné. Mas hoje não estaríamos aonde estamos.
    O Avaí sob a gestão do presidente Zunino cresceu substancialmente. Acredito que poucos, raros clubes no Brasil, cresceram tanto quanto o nosso. A comprovação disso é que frequentemente estamos no mídia nacional e internacional.

    Durante algum tempo também enfrentei muitos "ixpecialistas". Na Ressacada e também no mesmo fórum que tu participavas, o Souavaiano. Muita gente das diretorias passadas, incompetentes que nunca foram nada na vida, e que desprezavam o trabalho feito pelo presidente Zunino, por pura mesquinharia e despeito. Eu enfrentei muito zé ruela, muito babaca metido a esperto, que não sabia nada de coisa alguma e dava palpites furados. Era o chapa-branca, o baba-ovos, o alugado, diziam que a direção me pagava para defendê-los.

    Depois os blogs começaram a aparecer e está no que está hoje. Até eu tenho o meu, hehe.

    Ocorre que algumas coisas mudaram no Avaí desde o final de 2009, não sei a razão. Ainda não consegui entender o porquê de se estar fazendo tanta coisa errada. Não sei se algumas vaidades afloraram, se o foco mudou, se há outros interesses, sei lá. Mas aquilo que se fez até 2009 não é o que se está fazendo agora. Por isso, as críticas, minhas especialmente.
    E tem muita coisa pra se dizer, mas por respeito e por não desandar mais ainda a maionese, é bom ficar calado.

    ResponderExcluir
  2. Alexandre,

    Como disse, acho que podemos e devemos fiscalizar e criticar. Não podemos fechar os olhos para as coisas erradas que acontecem e nisso eu apoio e acho que os blogs tem uma grande importância. O que me deixa chateado é a "pedrada automática", ou seja, criticar apenas para continuar falando mal.

    Não conheço o Zunino, mas espero que ele possa acordar e voltar a colocar o trem avaiano nos trilhos certos. Se para isso tiver que bater na mesa e mandar uns e outros embora, que o faça.

    Abraços
    Paulinho

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post. Fiscalizar, criticar e dar sugestões faz bem ao clube. Mas desrespeito e crítica agressiva não leva a nada.

    ResponderExcluir
  4. Kátia,
    Obrigado.
    Contamos com você no CD para esta fiscalização.
    Abraços
    Paulinho

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados