quinta-feira, 28 de julho de 2011

Balanço da Rodada

E mais uma rodada chegou ao seu final (12ª). Vamos ao balanço:


Timão vence Colorado – em jogo que antecipado, o líder vence o time que ainda era treinado pelo Falcão.


Caio não caiu – e o Leão dormiu em campo


Coelho arranca empata no Olímpico – o imortal realmente vai disputar a parte debaixo da tabela. O time mineiro, apesar do bom resultado, está dentro do Z4 e perto de nós. Ainda bem que não venceu.


Dorival sobrevive – com gol do garoto André (bom de bola), o Galo venceu o atual campeão. Deco jogou (?). Melhor que tivessem empatado.


Dragão come a raposa – este time do Joel é surpreendente. Vence o líder e perde para um time que estava no Z4. Dá para entender o futebol? Resultado ruim.


Jogão na Vila – com atuação marcante de Ronaldinho Gaúcho (que cobrança de falta é aquela), um golaço do marrentinho Neymar e uma cobrança de pênalti bisonha do Elano (cavadinha ridícula), o rubro-negro carioca venceu o time do Peixe. Melhor jogo do campeonato.


Começaram a descer a ladeira – num jogo feio, o time do Felipão conseguiu vencer o Tombense. Pra falar a verdade, ninguém merecia nada. O mais justo era nenhum dos dois fazer ponto. E uma certa casa multicolorida começou a cair.


São Paulo volta aos trilhos - num primeiro tempo arrasador, o time paulista fez 3 e mais um no início do segundo. Depois, a torcida paulista roeu as unhas até o final do jogo com a reação paranaense. Mas o time do Coxa perdeu. Destaque para o golaço do garoto Lucas (por cobertura) e para a expulsão do “ex-craque” do Avaí, Davi.


Vasco empata nos acréscimos – não tem aquela placa dos acréscimos (Até empatar) muito usada no Olímpico quando o time gaúcho está perdendo ou empatando? Foi usada hoje em São Januário. O time baiano saiu na frente com gol de Reinaldo (os multicoloridos devam estar com dor de cabeça), mas o time carioca empatou no último lance da partida. Menos mal para nós.


Vozão vira em cima do Furacão – a lanterna ia voltar para a gente, quando Marcelo Nicácio (que não jogou nada quando vestiu a camisa multicolorida do Tombense), entrou e fez dois gols, o segundo nos acréscimos. O empate teria sido melhor para nós.


Continuamos na zona de rebaixamento, mas por incrível que pareça, ainda não estamos tão longe da borda do poço (4 pontos para o primeiro fora do Z4). Para chegar aos 46 pontos, o Avaí precisa de 13 vitórias nas 26 partidas que faltam, ou seja, um rendimento de 50 %. Pelo rendimento atual (19 %), muito difícil, mas não impossível.

2 comentários:

  1. Não achei o jogo do rival um jogo feio, na verdade temos que cuidar do nosso galinheiro.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Seu Cunha,
    No balanço da rodada eu comento sobre todos os times. O fato de eu escrever sobre o Avaí não me impede de comentar sobre outras equipes ou situações, independente da situação do Leão.
    Abraços
    Paulinho

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados