domingo, 31 de julho de 2011

Erros, raça, gols e a vitória

Se antes de começar o jogo a esperança de vitória já não era tão grande, quando o jogo começou aí mesmo que é ela desapareceu.

O time paulista tocava a bola com facilidade e o Avaí só na base do chutão.

Eles jogavam perto uns dos outros, se movimentavam com rapidez e criavam chances de gol.
Já os comandados do Gallo não se posicionavam corretamente e com isso estavam sempre bem marcados pelo adversário.

Mesmo assim, o time da Globo não criava tanto perigo. Até que a bola sobrou nos pés do Émerson e com categoria colocou no canto do Felipe, que não tinha o que fazer.

Durante o resto do primeiro tempo o Avaí não assustou.

O segundo tempo começou e se viu outro Avaí em campo. Menos espaços para o adversário e muita vontade. Num lance de oportunismo, Willian aproveitou uma cabeçada do Welton Felipe e estufou a rede, sem chances para Renan.

O time se empolgou e continuou jogando bem. Até que Willian, que já tinha feito alguns cruzamentos, encontrou Rafael Coelho na área, que na raça, fez o gol da virada. Importante observar que foi Daniel que deu o passe para o Willian dentro da área.

Daí para frente o Avaí se fechou, mas os lances mais perigosos surgiram de falhas dos jogadores avaianos, como o passe que o Bruno deu para o Émerson. Mas daí Felipe mostrou que é um ótimo goleiro, diria até melhor que todos os outros que já atuaram na posição este ano.

Por fim, Rafael Coelho aproveitou a chance e mostrou o que tem de melhor que é a velocidade. Ganhou dos zagueiros, jogou a bola na frente, chegou primeiro e teve tranquilidade para tocar na saída do Renan. A vitória estava quase garantida, mas o time paulista ainda teve algumas chances, que Felipe evitou, até o gol de Jorge Henrique.

Eu pensei comigo, parece que o time gosta de fortes emoções. Está difícil da torcida aguardar o fim da partida já comemorando a vitória.

A vitória chegou, mas os erros novamente apareceram. Estes erros foram compensados pela raça que os jogadores mostraram e com o aproveitamento das poucas chances que tiveram.

Como futebol é bola na rede, parabéns para os jogadores.

Agora é viajar até o Ceará e tentar tombar a carroça desembestada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados