quarta-feira, 7 de março de 2012

Jogando contra o patrimônio

Pelo jeito o Avaí vai dispensar o Gilmar. Ao que parece, o atacante não está mais nos planos do Ovelha.

Até compreendo e acho que certo que o Ovelha tenha que mostrar quem manda no Avaí. O Gilmar fez besteira e merece ser cobrado por isso. Só que a dispensa é um exagero para mim.

Acho que o Ovelha pegou o Gilmar como bode expiatório. Viu que seu comando estava em perigo e precisava sacrificar alguém para mostrar aos outros atletas que ele tem o apoio da diretoria. Aproveitou o descontrole do Gilmar, que pelo jeito já não gostava muito, pois pouco utilizou, e decretou sua dispensa.

Como o atacante pouco jogou, não teve tempo para mostrar seu futebol. Sendo assim, não pode provar para a torcida que pode ser importante para o time. Por isso, está numa situação desfavorável e sem onde se apoiar.

Acho que se a dispensa se concretizar, será um gol contra da diretoria, pois se o Gilmar não mostrou o que sabe, tem um passado que mostra que tem potencial. Ou será que o Ovelha acha que vai transformar o Capixaba e o Neilson em jogadores de série B? É ruim! O Nunes até pode fazer gols, mas também tem que melhorar muito. Futebol por futebol, nenhum dos atacantes tem crédito.

Quero ver daqui pra frente.

Espero que estejam tomando a atitude certa, mas acho que começamos a perder definitivamente o campeonato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados