sexta-feira, 4 de maio de 2012

Os estaduais e seus regulamentos

O assunto já era para ter virado passado, mas ainda vai render, principalmente se o resultado da final for o que a gente espera, que é a conquista do Leão. Então resolvi pesquisar o resultado de outros estaduais, para comparar:

- Paulista

Todos jogaram entre si, num turno único, classificando-se os oito primeiros para a fase seguinte, que num jogo único, disputaram a vaga para a fase seguinte, num sistema de mata-mata (na verdade só mata), até a final. O Corinthians, eliminado pela Ponte Preta, terminou a fase de classificação em primeiro lugar com 46 pontos, mas quem vai fazer a final serão Santos, que fez 39 e Guarani, que fez 36 pontos. Muito justo.

- Carioca

Todos jogaram entre si, divididos em dois turnos. No primeiro turno (Taça Guanabara), os times jogaram contra os times da mesma chave. Já no segundo turno (Taça Rio), os times jogaram contra os times da outra chave. Os dois primeiros de cada chave se classificaram para as semifinais do turno e os vencedores dos confrontos disputaram a final do turno, com o campeão se classificando para a final. O Botafogo, campeão do segundo turno, foi o time que mais fez pontos na soma das duas fases (36), mas ainda assim terá que fazer a final contra o Fluminense, campeão do primeiro turno, que fez apenas 26 pontos, bem menos que Vasco (35) e Flamengo (33). Um detalhe importante: se o Vasco fosse campeão do segundo turno, o time com mais pontos (Botafogo) estaria fora das finais. Outro regulamento justo.

- Mineiro

Todos jogaram entre si, num turno único, classificando-se os 4 primeiros para a semifinal, os quais disputaram a vaga para a final num confronto em dois jogos. O Atlético Mineiro fez 29 pontos na primeira fase, mas vai ter que decidir o campeonato contra o América, que fez apenas 21, bem menos que o Cruzeiro, que fez 28. Aliás, se o Galo Mineiro não tivesse passado pelo Tupy nas semifinais, o time que fez mais pontos no turno, não estaria nas finais. Justíssimo.

- Gaúcho

O regulamento é parecido com o Carioca, com a diferença que se classificavam quatro clubes em cada chave para as quartas de finais de cada turno (ao invés de apenas dois do Carioca). O Inter, campeão do segundo turno, foi o time que mais fez pontos na soma dos dois turnos (35), mas vai ter que disputar a final contra o Caxias, (campeão do primeiro turno), que na soma geral, fez apenas 24 pontos, atrás de Grêmio (31), Veranópolis (27) e Novo Hamburgo (26). Assim como no Carioca e no Mineiro, se o Inter tivesse perdido para o Grêmio no domingo passado, o time com mais pontos no campeonato teria ficado de fora das finais. Perfeito.

- Baiano

Todos jogaram entre si, em dois turnos, classificando-se para as semifinais, os quatro primeiros colocados na soma geral dos dois turnos (não há campeão do primeiro ou do segundo turno). O Bahia, que fez 52 pontos na primeira fase, vai ter que disputar o campeonato contra o Vitória, que fez 9 pontos a menos (43). O time do Falcão, aliás, só não está fora das finais, porque conseguiu marcar o gol da vitória, no segundo jogo das semifinais, no último minuto do jogo. Se não fosse este gol salvador, o time com maior pontuação da primeira fase (folgado) estaria fora das finais. Ainda assim, é justo.

- Pernambucano

Regulamento é igual ao do Baiano. O Sport, apesar de ter feito 50 pontos na primeira fase, teve que disputar as semifinais, com o risco de ser eliminado pelo Náutico, que fez apenas 38. Agora na final, o time da Ilha do Retiro vai ter que disputar o título contra o Santa Cruz, que fez 44 pontos na primeira fase. Justíssimo.

Resumo da Ópera

Todos os regulamentos são justos, uma vez que todos concordaram com o que estava escrito, antes da bola rolar. Se for para premiar quem fez mais pontos, tem que mudar o regulamento de todos os campeonatos.

Injusto é mudar a regra no meio do campeonato, como por exemplo, subir 2 times da segunda para a primeira divisão, ao invés de apenas o campeão, como estava inicialmente acertado e aconteceu em certo campeonato, há um tempo atrás.

O resto é chororô.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados