quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Como ter esperança? Por que não ter?


A derrota para o ASA liquidou a esperança de muitos torcedores que já não acreditam mais no acesso. Realmente, tirar 9 pontos em 10 rodadas é muito difícil. Ainda mais que o futebol da equipe, principalmente do ataque, não dá esperança de dias melhores.

O Avaí ainda tem 5 partidas em casa e 5 fora. Será que ainda é possível sonhar com uma vaga?

Considerando que Vitória, Criciúma e Goiás estão muito distantes do Leão e que devem confirmar o acesso, sobrou uma vaga para os demais.

Desconsiderando América-MG, América-RN e Ceará da disputa e forçando a barra para colocar o Leão ainda como um dos candidatos à última vaga, têm-se no São Caetano, Joinville e Atlético-PR os concorrentes diretos ao acesso.

E como é o caminho destes times?

São Caetano – joga em casa contra Ceará, Ipatinga, Boa, dos quais deve ganhar e ainda contra Atlético-PR e Goiás, onde pode perder pontos, empatando (ou até perdendo). Fora de casa joga, contra Barureri, que pode até vencer, Joinville e Guarani, que pode empatar e Vitória e Criciúma, onde deve perder. Com isso, o time do ABC Paulista deve somar mais 18 pontos, chegando aos 68 pontos.

Joinville – deve vencer os jogos contra CRB, América-MG e Guaratinguetá, que faz em casa e empatar com São Caetano e Vitória (também em casa). Viaja para enfrentar Barueri e Bragantino (que pode vencer), Criciúma e Ipatinga (pode empatar) e América-RN e Goias (que deve perder). Assim, o time do balé faria mais 19 pontos, chegando a 66 pontos.

Atlético-PR – Joga em casa contra América-MG, Guarani, Guaratinguetá, América-RN e Paraná, devendo obter preciosas vitórias. Ainda joga contra o Avaí, onde vamos torcer por um empate. Longe de Curitiba, o Furacão joga contra ABC, São Caetano e ASA, onde deve no máximo empatar e perder para Vitória e Criciúma. Conquistaria mais 19 pontos, chegando a 65 pontos.

E o Avaí?

Bem, o Leão teria que vencer todas as partidas em casa (CRB, Goiás, Paraná, Guarani e Criciúma) e ainda as partidas contra Bragantino, ABC e Barueri, longe da Ressacada. Teria ainda que arrancar um empate contra o Atlético-PR em Curitiba e o Ceará em Fortaleza. Se fizer este milagre, conquistaria mais 24 pontos, totalizando 69 pontos.

Difícil? Muito, ainda mais com este ataque ineficiente e o meio de campo sem criatividade.

Tem algum resultado absurdo? Não. É possível. Claro.

Mas para isso, o time tem que continuar acreditando e pelo menos até a próxima partida, a torcida continuar apoiando. Se vier a vitória, continuar o apoio até a próxima. E assim até o acesso ou quando a matemática não permitir mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados