terça-feira, 2 de outubro de 2012

Arapiraca, até o ano que vem

A calculadora e o simulador permitem que a torcida ainda possa sonhar com o acesso, mas os 9 pontos que novamente o Leão está do São Caetano, atualmente na quarta colocação, tira um pouco da esperança.

Tirando os primeiros minutos, em que levou o gol numa pane coletiva da defesa, no resto do primeiro tempo o Avaí esteve bem, fazendo uma grande pressão no time alagoano, mas que infelizmente não resultaram em nada. O time tocou bem a bola, envolveu o adversário, que marcava em cima, mas criou poucas chances de gol. Dominou a bola e o terreno, mas não ofereceu muito perigo ao goleiro adversário.

Já no segundo tempo, em que pensei que o melhor preparo físico do Leão iria fazer a diferença, o jogo foi outro, e as chances foram ainda menores. Exceção feita a um dos raros cruzamentos bem feitos pelo Arlan que o Diogo Acosta, sozinho na área, cabeceou por cima da trave.

Agora a coisa complicou de vez. Ainda há muitos pontos para disputar e é sim possível tirar estes 9 pontos de diferença. Mas para isso o Leão tem que fazer o dever de fora de casa, além de ter 100 % de aproveitamento em casa.

Não é hora de crucificar o Argel, pois o time não foi acomodado. Buscou o gol até o último minuto, mas esbarrou na sua própria incompetência.

Está difícil, mas não impossível.

Só que pelo jeito, Arapiraca vai continuar na rota do time avaiano para o ano que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados