quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O que esperar de Silas?

Não era muito a favor da volta do Silas por conta de sua conduta fora daqui. Entretanto, não posso negar que ele possui muitas qualidades para comandar o grupo do Avaí, a começar pelo conhecimento que tem dos jogadores e pela empatia que possui junto a torcida, que em sua maioria já o perdoou e o aceitou de volta.

Em sua primeira passagem, a torcida não depositava nenhuma fé nele e muitos e muitos torcedores e blogueiros xingaram a diretoria por estar novamente fazendo apostas com novos nomes.

Fracassou em seu primeiro desafiou, já que não conseguiu levar o Avaí as finais do campeonato catarinense de 2008, que ainda por cima, foi conquista pelo time das letras. Mesmo assim, a torcida acreditava nele e fomos para a disputa da série B. O ano que começou amargo terminou glorioso, com nossa ascensão para a série A, ao mesmo tempo que a lavanderia caia para a B. A torcida foi ao céu e santificou Silas.

No ano seguinte, veio a conquista do campeonato catarinense e uma excelente campanha na série A. Silas virou eterno, e para muitos, o melhor técnico que já passou por aqui. Inegavelmente, foi o que teve as conquistas mais importantes.

Saiu, em busca de melhores propostas, o que não pode ser condenado por ninguém, pois quem é que recusa aumento de salário ou promoção? Temos que aceitar, que por enquanto, não temos a estrutura ou a visibilidade de Grêmio e Flamengo, o que para um técnico é muito importante.

O problema do Silas com o Avaí, todos sabem, foram suas declarações desastrosas, que não precisavam ser feitas. Ele que foi um jogador de destaque, deveria estar tarimbado para fugir das pegadinhas da imprensa. Mas fazer o que, ele errou como todos nós erramos. Ainda teve os problemas relacionados com sua vontade de trazer os profissionais que jogaram ou trabalharam no Avaí para os times que ele estava treinando. Eu não vejo nenhum problema nisto. Afinal, ele é um treinador em início de carreira e seu primeiro sucesso foi no Avaí. Era mais do que natural que indicasse jogadores de qualidade que ele conhecesse e para ele, eram os que estavam no Avaí.

Agora está de volta e a torcida está confiante em seu trabalho, já que muitos acham que temos um bom elenco, pelo menos para o Catarinense. Se na primeira passagem a torcida teve paciência com ele, mesmo não conquistando o campeonato, desta vez será diferente. Sua primeira tarefa não é fácil, pois terá como missão conquistar o segundo turno e depois o tricampeonato e fazer uma boa campanha na Copa do Brasil. Não acredito que haverá tolerância em caso de fracasso, principalmente para a primeira tarefa, a não ser que a derrota seja motivada por algum fator externo, que os avaianos bem conhecessem e sempre temem.

Espero que ele saiba aproveitar as qualidades do elenco, organizar o time, treinar jogadas e dar uma cara ao time do Avaí. Espero que não caia na tentação de usar como parâmetro o que ele conhecia do elenco, pois já se passaram dois anos, novos jogadores foram contratados que podem ser melhores que os seus conhecidos.

Desejo a ele boa sorte e um bom trabalho. Espero que a torcida tenha paciência e incentive o time em todos os jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados