quinta-feira, 14 de abril de 2011

Queimando a língua

Após o jogo em Itajaí, todo mundo esperava por um desastre neste jogo contra o Botafogo. Entretanto, o time surpreendeu pela organização. Tocou bem a bola e chegou aos dois gols com tranqüilidade. No primeiro gol, Julinho (ou Felipe?) deu um passe açucarado para Willian que de primeira estufou a rede. No segundo gol, troca de passes e um cruzamento perfeito de Marquinhos Gabriel para Rafael Coelho cabecear a bola fora do alcance do goleiro adversário.

Aí, numa desatenção, levamos o primeiro gol, em um lance de velocidade do atacante Caio, do Botafogo, que Marcinho Guerreiro falhou. É, foi ele mesmo. Tem gente que é tão puxa saco do Guerreiro que está dizendo que foi o Bruno que falhou porque não fez a cobertura. Para com isso. Neste mesmo lance, a zaga dormiu no ponto e deixou o Herrera, se antecipar e marcar o gol.

O resto do primeiro tempo foi de um domínio estéril do Botafogo que só chegou ao gol do empate numa incrível falha de Bruno e Renan. Acho que a culpa foi dos dois. Não se recua bola em direção ao gol sem olhar para onde está o goleiro. Portanto, Bruno falhou. Não o acho tão ruim como muitos analisam, mas ontem não estava tão bem. Renan estava no lugar errado e por isso também é culpado no lance. Fora isso, esteve bem no restante da partida e vem melhorando sua saída de bola a cada jogo.

No segundo tempo, a melhor oportunidade foi do Avaí, quando Evando recebeu um passe perfeito do Felipe e quis fazer um gol de placa. Não foi crucificá-lo pelo gol perdido, porque ele de fato conseguiu chutar no gol, que foi defendido pelo cabeção do lateral alvinegro. Agora, se é o Cristian, queria ver se as viúvas do veterano iam perdoar o menino.

O esquema mudou de 3 zagueiros e 2 volantes para 2 zagueiros e 3 volantes. Acho que esquema bom é o que dá certo. Não posso criticar o Silas em jogar defensivamente na Copa do Brasil. É assim que se ganha esta torneio.

Vejo muitos profetas gente dizendo que o Avaí poderia ter vencido não sei quantas partidas se tivesse colocado uma meia a mais no lugar de um volante. Eu também gostaria de ver o time no esquema tudo 2: 2 zagueiros, 2 laterais, 2 volantes, 2 meias de criação e 2 atacantes. Mais é muito fácil falar, porém se não der certo, não vai ter ninguém para assumir a cagada.

O Avaí ainda não venceu o Botafogo em jogos oficiais e nem precisa fazer isso na próxima quarta. Empates em 0x0 e 1x1 levam o Leão para a próxima fase. Eu acredito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados