terça-feira, 17 de maio de 2011

Guia do Brasileirão

A mais recente polêmica da blogosfera avaiana é em relação a capa de uma guia para o campeonato brasileiro de 2011, de um certa revista esportiva, que deixou o Avaí de fora da capa.

Por curiosidade, andei pesquisando as capas de 2009 e 2010 e percebi que também nestas não há qualquer referência ao Leão da Ilha. Nas capas de 2009 e 2010 eles deixaram outros times da série de fora para incluir times da série B. No guia do 2 turno de 2010 é que aparece uma foto do Vandinho com a camisa do Avaí. Ou seja, não é de hoje que esta revista despreza do nosso Avaí.

Li em algum blog a resposta que o editor desta revista deu para alguém que lhe enviou um e-mail questionando a ausência de nosso Leão. A resposta foi horrorosa. A emenda foi pior que o soneto. Para quem não leu, ele respondeu que não era possível colocar os 20 clubes na capa e decidiu excluir dois times com menor torcida. Acho que ele não leu a própria que revista que publicou uma pesquisa que demonstrou que temos a maior torcida aqui.

Pra falar a verdade, eu nem me lembrava mais que esta revista existia, pois não gasto dinheiro com isto. Agora que descobri esta falha grotesca é que não vou comprar mesmo. Ainda mais que ela pertence a um certo grupo editorial que já devia ter fechado no mês passado, o mesmo que publica aquela revista Óia. Se você não gostou, faça o mesmo, não compre a revista, e ainda fale mal dela, dizendo para nenhum avaiano comprar.

Tem muita gente dizendo que isto é mais uma falha do departamento de marketing do Avaí. Olha, os caras não andam acertando quase nada, mas daí a culpá-los por isso é um exagero. O erro é da revista e ponto final. Desde quando um clube tem que influenciar a capa de um periódico nacional? A gente não consegue nem influenciar a capa dos jornais locais, vai querer fazer isto numa revista de circulação nacional.

Se os torcedores querem que o Avaí seja mais respeitado pela imprensa, não pode ficar esperando pela diretoria. Somos nós que temos que nos mexer, usando uma arma muito poderosa que temos: a internet, através da blogosfera avaiana, do twetter, dos e-mails e tudo que estiver ao nosso alcance.

Vamos entupir a caixa de mensagem deste editor, reclamando do tratamento que recebemos. Vamos fazer o mesmo quando percebemos uma reportagem de má fé que sai em algum site, revista ou jornal. Vamos fazer campanha nos blogs para não comprar esta revista e outras publicações que achamos que estão fazendo troça com nosso time.

Se mostrarmos nosso descontentamento, seremos respeitados. Se apenas gastarmos nossa energia para reclamar da diretoria do Avaí, tudo vai ficar na mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados