domingo, 26 de junho de 2011

A esperança está por um fio

E um fio bem fininho, por sinal.

Eu me considero uma pessoa otimista. Custo a entregar os pontos. Para todos os obstáculos e problemas que aparecem em minha vida, tento sempre olhar sob um ponto de vista que me traga alguma coisa de bom. Sempre tento ver uma saída em tudo que de ruim que me acontecesse.

Mas esse time do Avaí está me deixando sem esperança. Tudo bem que o Gallo ainda não teve tanto tempo, mas a torcida não vai esperar muito tempo por uma virada. Eu sei que mudar de técnico a todo o momento é um dos itens da receita para o rebaixamento, mas a pressão vai ficar cada vez maior se um resultado positivo não acontecer.

Vou resumir o que vi hoje na Ressacada:

- Aleks - parece cada vez mais seguro no gol. Já havia feito um milagre antes de levar o gol, que não teve culpa, pois o Conca estava sozinho. Precisa melhorar a reposição de bola. Tem a mania de amortecer a bola para depois agarrar. Fico nervoso só de olhar.

- Zaga - o Gustavo Bastos tem raça e mesmo não sendo aquilo tudo, é nosso melhor zagueiro. O Welton Felipe estreou bem. Não me trouxe segurança, mas hoje, acho que ganhou quase todas e tirou algumas bolas que iam para o gol.

- Laterais - Julinho começou a ser perseguido pela torcida e isto está perturbando o garoto. Sua maior arma é usar o drible e a velocidade para cruzar. É natural que cometa erros, mas se a torcida ficar pegando no pé dele, vai se acomodar para não levar vaia. Já o critiquei várias vezes por suas firulas, mas tenho que reconhecer que ele pode ser uma grande arma para o ataque do Avaí. Ele precisa ter confiança para tentar o drible e a torcida precisa entender isto.
Já o Daniel teve uma estréia discreta. Não foi tão ruim como vi alguns torcedores xingando o rapaz, mas também não foi aquela atuação de dar a certeza que o Gallo fez bem em mandar o George Lucas embora. Vamos dar um tempo para o rapaz.

- Volantes - Acleisson não estava bem, mas o Marcinho Guerreiro não está com muita moral para ficar falando alguma coisa. Já escrevi aqui que para mim, nenhum dos dois deve ser titular. Já o Bruno, estava jogando bem. Levou o amarelo numa jogada que começou numa lambança do Julinho. Saiu, porque o Gallo ficou com medo que o juiz (muito ruim por sinal), aplicasse a lei da compensação.

- Meias - Pedro Ken foi novamente o mais lúcido em campo. Não perde mais a condição de titular. Estrada está começando a perder o crédito. Mas ainda tem bastante. Não entendo porque. Errou vários cruzamentos e não levou vaia. Teve até um no segundo tempo, que ele espirrou o taco e a bola subiu na grande área. E teve torcedor aplaudindo!! Dá para entender? Cleverson entrou muito bem e acho que vai ser titular nesta equipe medonha.

- Ataque - Willian foi mais guerreiro desta vez e só. Rafael Coelho está tentando. E só. Fábio Santos entrou e produziu pouco. Maurício Alves entrou mal. Mas a vaca já estava indo para o brejo e é até feio falar mal do cara.

- Gallo - não gosto de analisar as substituições, porque não sei se as minhas opções iam ter um resultado melhor. Mas o Estrada tinha que ser sacado antes. Ele se manda para o ataque e deixa o Pedro Ken sozinho no meio para armar. Tem que colocar alguém para conversar com o rapaz (o Pedro Ken). Eu sei que a torcida não gosta muito, mas eu teria colocado o Marquinhos Gabriel no lugar do Estrada e não teria colocado o Maurício Alves.

- Fluminense - jogou com vontade e respeitou suas limitações. Não teve vergonha de marcar em cima. Saia com muita velocidade no contra-ataque. Mas com este time não vai muito longe não.

- Juiz - o pior que vi até agora. Horrível. Começou inventando e teve sorte que o Fluminense não fez o gol naquela cobrança em dois lances dentro da área. Depois foi obrigado a expulsar o Rafael Moura. Sim, porque ou faz de conta que não viu, ou expulsa. Só amarelo ele não podia dar. E não foi dois pesos e duas medidas em relação ao amarelo do Bruno, como alguns "entendidos" da rádio estavam falando. O Bruno foi na bola e atingiu o jogador. O Rafael Moura agrediu o Gustavo Bastos. Logo, são lances completamente diferentes. No resto do jogo, até que não inventou tanto, mas era visível que estava com medo da partida. Muito ruim. Espero que não volte mais a apitar um jogo do Leão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados