quarta-feira, 29 de junho de 2011

A punição para Marcinho Guerreiro

Isto é um caso complicado. Se não a diretoria não faz nada, é acusada de tolerar a indisciplina. Se pune, vão dizer que está perseguindo o atleta e piorando o clima do grupo.

A situação do Avaí não está nada boa e nesta hora tudo de ruim aparece. Se é ruim punir um jogador, é pior fazer de conta que nada aconteceu. Os jogadores estão devendo e o Marcinho Guerreiro, apesar de seu valor como líder e seu passado no clube, falou na hora errada, do jeito errado, para a pessoa errada (a imprensa).

A casa está uma bagunça e às vezes uma atitude desta pode mostrar aos atletas que quem manda é o tecnico e os jogadores devem obedecê-lo. Se os atletas acharem que podem reclamar abertamente contra o técnico, aí mesmo que a vaca vai para o brejo.

Nosso elenco não é tão ruim para estar na colocação que se encontra. Muita gente falou em limpar o elenco. Além da parte técnica, o comprometimento também é um fator importante para o sucesso. Por isso, mandaria embora que não concorda com esta nova direção.

Acho que o Marcinho Guerreiro tem seu valor, mas precisa usar sua liderança e energia para o lado bom do grupo e não para rachá-lo. Só ele saiu perdendo com isto tudo. Espero que volte a fazer parte do grupo, apesar de achar que não tem futebol para ser titular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados