domingo, 21 de agosto de 2011

Vontade x Qualidade

No empate de hoje contra o Coritiba os jogadores até mostraram um pouco de vontade, marcando um pouco mais em cima e buscando o jogo. Mas a qualidade estava muito baixa. Além disso, os jogadores não se movimentam e por isso ficam presos facilmente na marcação adversária. Não tem como criar jogada desta maneira. Para ganhar um jogo desse jeito, só em um lance isolado ou numa falha do adversário.

É duro ver a armação da jogada sendo feita pelo Diogo Orlando. Ele até tem vontade, mas não tem qualidade para isso. Nossas laterais continuam sendo oportunidades de emprego para quem quiser se candidatar. Desse jeito, vai ser difícil vencer qualquer partida.

A equipe paranaense por sua vez, também não apresentou nada que justificasse uma vitória deles e o empate foi o resultado mais justo.

Felipe - os únicos lances de perigo foram quando os zagueiros recuraram a bola na fogueira para ele. Saiu com a camisa limpa.

Gustavo Bastos - estava seguro e não comprometeu.

Welton Felipe - as mesmas emoções de sempre. Eu não gosto dele, mas vaiar quando do cara pega na bola é pra acabar. Vão sentar lá no setor F.

Arlan - tem velocidade (não muita) mas é tímido e não cruza bem. Mas é melhor que o Daniel. É até capaz do diretor de cinema ser melhor que ele.

Romano - na defesa, ele até se comporta bem, mas definitivamente, não sabe cruzar uma bola. Quantos escanteios improdutivos, meu Deus.

Bruno - o melhor do time, disparado. Se tivesse mais um volante que nem ele, nossa zaga ia levar muito menos gol.

Diogo Orlando - podem falar tudo dele, mas não que ele se esconde do jogo. Buscou a bola até para armar as jogadas. Pena que não é a dele. Nem como ponta direita. Como volante, passa com a nota mínima.

Pedro Ken - a torcida gosta dele porque dificilmente erra passe, está presente em várias partes do campo, trabalha para equipe, etc, etc. Mas não é o cara para armar a jogada. Não tem talento para isso.

Cléverson - hoje esteve melhor que nas últimas partidas, mas parece que perdeu o encanto dos primeiros jogos. O que será que houve? Acorda meu filho, por pior que seja a colocação do time, você está num time da série A. Se está aborrecido com a situação do time, pelo menos lute para mostrar um bom futebol para conseguir uma boa transferência.

Rafael Coelho - perdido em campo, como sempre.

Willian - também estava perdido em campo.

Fabiano - entrou e não fez nada. Melhor que tivesse deixado o Cléverson.

Acleisson - sem nota para ele. Mal tocou na bola.

Dinélson - também não teve tempo de participar do jogo. Precisa de alguém para tabelar. Os dois que podiam fazer isto foram substituídos (Pedro Ken e Cléverson). Acorda Neguinho.

Edson Neguinho - fez o que todo interino faz, entrou com o time básico. Deve ter pensado, já que vou ficar só uma partida, não vou arriscar. Prefiro sair invicto (um empate) do que carregar mais uma derrota nas costas.

Coxas - será que eles achavam que iam ganhar com este futebol preguiçoso deles? O time deles até é bom, mas também não é um Barcelona para achar que é só entrar e ganhar.

O Avaí precisa urgentemente de novos jogadores, como Lincoln e quem sabe, até o Leandrinho, para dar mais velocidade e criatividade para este meio de campo, que é um deserto de imaginação.

A coisa tá difícil.

2 comentários:

  1. Concordo com os comentários, inclusive em relação ao Pedro Ken, não faz nada de diferente, só toca a bola de lado, assim até eu jogo nesse time. Nos falta um time de mais atitude, que vá pra cima, pelo menos na Ressacada.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Anônimo
    Realmente estamos precisando de um time que mostre que na Ressacada quem manda é o Leão. Mas tá difícil.
    Obrigado pelo seu comentário.
    Da próxima vez, coloque seu nome.
    Abraços
    Paulinho

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados