quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Naquela água, só podia dar peixe


Num jogo ruim de assistir, o Avaí perdeu mais um jogo em casa. O empate seria o resultado mais justo, mas se alguém tivesse que vencer, tinha que ser mesmo o time da Vila, que buscou o gol mais que o Leão.

Dizem que o gramado ruim nivela o jogo por baixo e por isso, esta chuvarada poderia ser bom para o Avaí. O problema é que o futebol dos jogadores do Toninho Cecílio, se já não era bom com tempo seco, ficou horroroso com aquele gramado encharcado.

No primeiro tempo até que não fomos mal, mas o segundo foi horrível. Quase abrimos o marcador logo no começo, mas depois, quase não se fez nada, nem de um lado, nem do outro, até que no final, ganhamos um pênalti de presente. Willian bateu e fez. Bem ou mal, mas fez.

No segundo tempo, dava até a impressão que o lado do campo que o time paulista atacava tinha menos água, já que eles conseguiam tocar a bola com muito mais facilidade que os jogadores avaianos, que pareciam procurar o pior lugar do gramado para jogar, principalmente pelas laterais, onde claramente se via que era uma comprida vala de água.

Por outro lado, também faltou sorte para nós, pois com um pouco mais de atenção, teríamos segurado o resultado. Mas daí, deixaram o time deles dominar a bola na frente da área e numa jogada que a bola rolou como em nenhum outro momento na partida, Borges deixou o dele.

O empate não era ruim e dava de se ver que o time do marrentinho também estava contente com o pontinho. Aí o Gustavo Borges deu aquela aquaplanada, passando direto e o jogador deles acertou um chute no ângulo.

É difícil analisar o time num gramado como aquele, mas quero destacar o Arlan, que conseguiu desarmar várias vezes o marrentinho. Lincoln, apesar do gramado, mostrou entrega e raça, buscou o jogo e se no final deu uma parada, é porque ninguém é de ferro.

O goleiro Rafael Santos espalmou algumas bolas para frente da área, mas no geral, esteve bem, apesar de achar que o Felipe não teria tomado nenhum dos dois gols. Mas é só achismo e não uma crítica ao rapaz.

O meu prognóstico era um empate em casa contra o Santos e um empate fora contra o América. Já que perdemos, vamos ter que vencer lá em Sete Lagoas. Espero que o time se recupere do cansaço que deve ter sido esta partida, para recuperar estes pontos perdidos.

O negócio ta feio, mais ainda não está perdido.

Um comentário:

  1. Parabens pela forma coerente de tua análise.Quase todos os comentários que leio são cheio de fanatismo.A situação não é boa,os problemas de passe, marcação, cobertura e proteção a defesa são grandes,por isto não concordo qdo queimam os defensores. Errar faz parte e para um time que é atacado constantemente como ontem, quase 80 rebatidas da defesa com um Santos de 3 atacantes não é mole.Ainda acredito.

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados