domingo, 16 de outubro de 2011

Acreditando

Quando o Avaí jogou contra o Colorado gaúcho no ano passado já estávamos na rodada 34, estávamos na 18a colocação e a distância para o primeiro fora da zona de rebaixamento era de apenas dois pontos. Cabe ressaltar que o Vitória, que foi rebaixado, estava nesta rodada com 4 pontos vantagem sobre nós e na 14a colocação.

Em relação ao jogo, o time do Inter vinha pressionado em obter uma vitória, pois vinha de vários resultados ruins e estava se preparando para o Mundial de Clubes (aquele que ele perdeu para o Mazembe). E tentou vencer, basta ver a comemoração do gol de empate deles. Só que foram surpreendidos por um gol com 20 segundos de jogo. Batista ainda ampliou, mas no segundo tempo, eles empataram. Quando a torcida do tombense pensava que eles iam virar, Robinho, o perseguido, foi lá e fez o gol da vitória.

Comparando os times do ano passado com os deste ano:

Avaí: 2010 x 2011                             Inter: 2010 x 2011

Zé Carlos x Felipe (+)                       Lauro x Muriel (=)
Émerson Nunes x Gian (=)                Bolivar (+) x Rodrigo Moledo
Émerson (+++++) x Dirceu               Índio (+) x Juan            
Patrick x Arlan (=)                            Nei x Nei (=)
Eltinho (+) x Fernandinho                  Kleber x Kleber (=)
Diogo Orlando x Bruno (+)               Wilson Mathias x Bolatti (+)
Rudinei x Júnior Urso (+)                  Guiñazu x Guiñazu (=)
Batista x Batista (=)                          Giuliano x Andrezinho (=)
Caio x Cléverson (=)                        D'Alessandro x D'Alessandro (=)
Robinho x Robinho (=)                     Rafael Sóbis (+) x João Paulo
Vandinho x Willian (+)                      Alecsandro (+) x Jô

Nossa defesa piorou é verdade, apesar que até esta mesma rodada (29) do ano passado, a defesa comandanda por Émerson já tinha levado 46 gols, 13 a menos que a deste ano. Ou seja, não era tão diferente assim, apenas que no ano passado a torcida pegava no pé era dos volantes, como Diogo Orlando e Rudinei. Este ano, os escolhidos foram Dirceu e qualquer lateral que jogar.

Considero que estamos mais bem servidos no gol e na proteção da zaga, com os atuais volantes Bruno e Júnior Urso. Willian está melhor que Vandinho. Nas laterais, a comparação é doída, pois Eltinho e Patrick também não estavam jogando nada, apesar de que todos os gols da vitória contra o Inter no ano passado foram construídos pelas laterais com Patrick (no 1x0 e no 3x2) e com Eltinho (no 2x0).

Na criação não vai mudar muito, pois é provável que haja repetição de Batista e Robinho, mudando apenas  Cléverson, que até acho melhor que Caio.

No Inter, minhas comparações (+ ou =) são subjetivas, pois não acompanho o time. Mas é interessante observar que algumas peças chaves do time não mudaram, como Nei e Kleber, Guiñazu e D'Alessandro. Índio não irá jogar pois está machucado. Acho que o time do ano passado era melhor que o deste ano.

Para concluir, se no passado, com aquele time horroroso, conseguimos surpreender o poderoso futuro representante do Brasil no mundial do Clubes (que fez aquele fiasco), por que não podemos repetir a dose este ano?

Não é provável, mas é possível. Por isso eu vou torcer.

Vai pra cima deles Leão (mas com cuidado)!

Fiquem com gols daquele vitória mágica do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados