domingo, 30 de outubro de 2011

Mais uma carroça que passou

O time jogou um bom primeiro tempo e teve mais oportunidades que o time paulista, podendo até fazer 2x0. No segundo tempo, voltamos recuado, mas Willian teve a bola do jogo, num cruzamento do Fernandinho. Falamos muito mal da defesa, é verdade, mas dessa vez, foi nosso atacante que deixou a desejar. Um gol daquele não poderia ser perdido por nosso artilheiro.

Nem parecia que o time  do Avaí tinha um jogador a mais em que campo. Aliás, tem que pedir para os juízes não expulsarem mais jogadores do time adversário, porque sempre que isso acontece, parece que o time se perde em campo. Não sabe aproveitar a vantagem que tem.

O time preferido da Globo até jogou com muita vontade, mas se a defesa tivesse aguentado só um pouquinho mais, a vitória teria acontecido, pois o time deles nem jogou tão bem assim.

Levar um gol no contra-ataque, jogando com um homem a mais e na casa do adversário, é demais para minha cabeça. No segundo gol, mais trapalhadas da zaga. Um bando de jogadores, que não sabem se colocar na área. Felipe falhou é verdade, mas não vou culpá-lo pela derrota.

Eu não contava com estes pontos, mas foi doloroso ver o time perder uma oportunidade desta, ainda mais que a rodada estava toda a nosso favor.

Ainda dá tempo para escapar, mas a margem está mais curta do que nunca.

Tem que vencer o time do Ceará, na próxima rodada, e tentar cometer o crime que não fizemos hoje, contra o São Paulo, daqui a duas semanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados