domingo, 20 de novembro de 2011

A derrota do professor Edson Pardal

Aconteceu o que a gente já esperava. O Leão não foi páreo para o Vasco, que dominou completamente o jogo, principalmente depois da expulsão do corintiano Urso e das incríveis substituições do professor Edson Pardal Neguinho.

Tirar o Cléverson? Tudo bem que ele não é nenhum craque, mas era nossa única chance de ataque. Depois tirou o Lincoln. Bem, por pior que ele estivesse, não ia ser o Marcos Paulo que ia resolver o jogo.

Acho que nessa limpa do Avaí, tinha que aproveitar e mandar este interino embora também, porque se ele me faz umas substituições como essa, o que ele pode ajudar como auxiliar? Ovelha, abre o olho.

Quem sabe o jogo serviu para o Ovelha ver quem é que serve para ficar para o ano que vem. Vai ser uma missão difícil para ele.

Agora é jogar contra um Coritiba que ainda tem esperança de chegar na Libertadores. Acho que vou até torcer para os Coxas, para ver se eles tiram a vaga do Tombense. Mas tem que ser de pouco, tipo 2x0, como foi o jogo do Vasco, para eu não sofrer demais.

E daí, na última partida, esperar que os jogadores tomem vergonha na cara e joguem tudo aquilo que não jogaram durante o campeonato, e terminam o ano com uma vitória contra o time alvinegrorosado (ou será alviamarelado?).

E esse 2011 que não acaba.

Um comentário:

  1. Engraçado avaiano rebaixado chamar o glorioso Figueirense, mais tradicional clube de Santa Cantarina, de Tombense. Será que não percebem, eles, que há muito tempo viraram a Tombense do Luiz Alberto. O Avai se tornou o depósito de refugos do empresário paranaense, que exerce seu poder sobre a fraca direção do clube, exigindo a escalação de seu produto. No lá de lá da ponte, como gostam de dizer. Um grupo de torcedores machos expulsou quem queria fazer o mesmo e devolveu o clube a seus trilhos. No lá de cá choram muito, mas deixam o Zunino e seu pimpolho pintarem e bordarem na Ressacada. Antes de sairem chingando os outros, deveriam cuidar melhor de sua casa que há muito virou feudo de um especialista em merda.

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados