sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Notas de final de campeonato

Estou num hospital, aguardando a cirurgia de minha esposa e para espantar um pouco da tristeza que estou vivendo, resolvi escrever um pouco. Aliás, tenho que confessar que o virtual rebaixamento do Avaí não me balançou muito, pois o futebol é realmente uma coisa sem importância quando comparado aos assuntos de nossa vida particular, principalmente quando se trata de saúde. Este também é um dos motivos que minha produção de textos está parecida com a do ataque do Leão, quase nula.

Porém, como o futebol serve justamente para a gente esquecer nossos problemas pessoais, vou escrever um pouco sobre o momento avaiano.

Jogo contra o Cruzeiro

O mais do mesmo. Nosso ataque não faz gol. A diferença é que desta vez, a defesa não levou. É o que o time do Cruzeiro também é horroso. Anselmo Ramon e Farias é dose.

Virtual rebaixamento

Se antes já era difícil de imaginar (mas até dava para acreditar) que o Avaí ia conseguir mais vitórias em 5 rodadas do que no resto do campeonato, agora só acreditando em Papai Noel. Não tem como tirar o incrível saldo de gol negativo que temos, ainda mais jogando contra Vasco e Coritiba. Agora é começar o planejamento para ver se 2012 seja melhor.

Últimos jogos

Espero que pelo menos os jogadores mostrem amor a camisa e evitem um vexame nestas partidas contra Vasco e Coritiba. Se eles querem um dia voltar a passear sossegadamente em Florianópolis (nem estou dizendo em jogar no Avaí), é bom eles se esforçarem e vencerem o Tombense na última rodada. Certamente não vão virar heróis, mas pelo menos irão melhorar a imagem deles perante a torcida, principalmente se esta vitória significar a não ida das bambis para as Américas.

Mauro Ovelha

Nem de longe era meu preferido. Não gosto de falar mal de técnico que nem começou a trabalhar, mas esta aposta do Avaí é perfil de time pequeno. Será que eles não tem dinheiro para contratar um Renê Simões? É claro que vou torcer por ele, mas espero que seu único sucesso não seja o título catarinenense. Nossa meta no próximo ano não pode ser outra senão voltar para a série A. E isto não é coisa de metido ou que pensa que é time grande. Isto tem que ser pensamento de torcedor avaiano (e de dirigente, técnico e jogador).

Nova estrutura

Não conheço ninguém e não posso falar mal deles. Só posso dizer que a diretoria errou tudo que podia nestes últimos dois anos. Desde as mensalidades, os ingressos, as escolhas e as trocas dos técnicos, a preperação do time, tudo. Foi um enredo que só podia dar no que deu: rebaixamento. Só peço que eles tomem cuidado para a gente não ir direto para a série C, como já aconteceu com outros time. Todo cuidado é pouco.

Renovação do plantel

Espero que o Ovelha tenha cuidado em quem ele vai escolher para ficar (se é que ele vai poder fazer isto). Tem alguns jogadores que não podem ficar, por falta de qualidade mesmo. Romano, Welton Felipe e mais alguns (ou muitos) tem que tentar a vida em outro clube. Aqui não mais. Outros, que até tem qualidade, mas são perseguidos pela torcida, também não tem mais clima para ficar por aqui. Cito Robinho, Dirceu, Daniel e Diogo Orlando como os escolhidos para a ira da massa avaiana. Tem alguns queridinhos que eu não manteria na equipe porque acho que não é difícil encontrar melhores que eles. Nesta lista, incluiria o Rafael Fat Coelho e o Cássio. Tem aqueles que não são caros e podem ajudar a equipe para o ano que vem e tem a cara da série B, como o Bruno, o Júnior Urso e o Fernandinho. Seria um sonho poder manter o Lincoln, mas duvido muito que isto aconteça. Willian, apesar da identificação com a torcida, não está passando um bom momento e não sei se deveria ficar, pois já mostrou que pode ir embora a qualquer momento, dependendo da proposta.

A limpa tem que ser grande, mas não adianta mandar embora para depois contratar gente pior.

Um comentário:

  1. Caro Paulinho,

    A respeito do comentário do nosso Leão compartilho a mesma opinião. Pouquíssimos são os jogadores para uma série B pro ano que vem. A respeito desta fase complicada, tenho a certeza que o coração de vocês goza do conforto de Deus neste momento difícil e delicado que é família e saúde.
    Estaremos sempre com vocês, igual ao Leão, não importa a série ou local. Um abração e fiquem com Deus.

    Duda.

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados