segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Vencemos, apesar da torcida nota zero

Eu mais pouco mais de 3000 pessoas assistimos a mais uma vitória do Avaí. Novamente foi sofrido. A vitória foi merecida, pois apenas um time queria jogar, que era o Avaí. O outro, que veio de Ibirama, só queria fazer cera e fazer o tempo passar. Jogar bola que é bom, quase nada.

O primeiro tempo não foi bom, apesar das duas bolas na trave do time de Ibirama e talvez mais uma chance menos clara para o Leão. O time de camisa cor de vinho teve também uma boa oportunidade, numa bola que passou rente a trave de Moreto.

No segundo tempo, só deu Leão, que pressionava o time visitante, que cada vez mais só queria saber de fazer cera e esqueceu de jogar bola. Apesar do domínio territorial, o Leão não teve tantas chances de gol. Até que o Bruno fez uma pintura de gol, cortando dois zagueiros e tocando no ângulo. Então eles tiveram que sair para jogar, mas pouco criaram. Arlan cruzou na cabeça do Carreirinha, que bem colocado, fez o segundo. No apagar das luzes, o time de Ibirama descontou, num cochilo da defesa e numa borboletada do Moreto. Se o time não fez uma partida brilhante, pelo menos correu e mostrou vontade o jogo inteiro. A retranca do time adversário era grande e a criatividade do Leão era pequena.

Moreto estava seguro, mas falhou no gol deles. Cássio fez algumas lambanças, mas sei que tem muita viúva que gosta dele. Renato Santos esteve bem e só errou uma bola que eu me lembre. Arlan e Pirão foram várias vezes ao ataque, mas ainda precisam melhorar. Pirão já mostrou que tem habilidade e deve estar com vontade de jogar no meio, pois vira e mexe estava lá, principalmente no primeiro tempo. Tem que se cuidar mais, pois levou o terceiro amarelo em três jogos. Imagina se ele jogasse como volante! Deve ser substituído pelo Aélson na próxima partida.

Bruno fez a partida de sempre, seguro, desarmando e saindo para o jogo. De quebra, fez um golaço. Tem que mostrar para o Marcinho Guerreiro, outro protegido da torcida, para ver se ele aprende como se joga, em pé, ao invés ficar dando carrinho, deitado. Aliás, espero que ele não volte na quarta, mas infelizmente, acho que o Ovelha gosta dele e por ser um jogo fora de casa, deve novamente colocá-lo. Diogo Orlando esteve bem, mas é aquele jogador que quase não aparece para a torcida. Mika ainda precisa melhorar, mas parece que ainda não está na sua melhor condição física. Deve voltar para o banco.

Robinho, pra variar, foi pego pra Cristo, como se tudo de ruim que acontece com o Avaí, seja culpa dele. Eu não acho que ele seja um grande jogador e penso que está jogando na posição errada, pois ele não é o cara para criar, mas para ficar mais próximo da área. Só que eu não gosto de injustiça e pegar no pé dele do jeito que muitos torcedores estão fazendo é muita sacanagem. Quase fui embora no meio do segundo tempo e era até capaz de ficar contente se o Avaí levasse um gol depois da saída dele, como aconteceu na quarta, contra o Criciúma, só pra ver a cara daqueles idiotas que ficam xingando o rapaz por qualquer coisa e o vaiaram quando saiu. Erros parecidos aconteceram depois que ele saiu, mas não vi ninguém vaiando.

Neílson estava perdido em campo, perdendo várias bolas e deveria ter saído, ao invés do Robinho, que poderia jogar na sua posição. Ronaldo Capixada deu algumas boas assistências e se movimentou bastante. Só que ele, como artilheiro, tem que ficar mais dentro da área, para completar a jogada e não do lado de fora, querendo armar a jogada.

Diego Palhinha entrou, mas não tão bem como na quarta. É bom jogador, mas tem gente forçando a barra querendo ver qualidades demais neste jogador, só para justificar a saída do Robinho. Até acho que Ovelha tem que arranjar um lugar para ele no time, mas se também ficar sozinho na criação, como está o Robinho, sua produção também não será boa. Carreirinha entrou e foi premiado com um gol, mas não dá para contar com ele. Maurício entrou e nem foi notado.

Na próxima rodada o adversário será o Brusque, lá no Augusto Apertado Bauer. Sempre foi difícil jogar lá, apesar que nos últimos 5 anos, foram 4 vitórias e apenas uma derrota, no ano passado, por 3x0.

Já estamos em terceiro, na frente do virtual campeão da mídia alugada. Não podemos bobear, porque o campeonato está muito disputado e qualquer derrapada, já vem outro e ultrapassa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados