segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Balanço da Rodada


O turno acabou e o Leão se enrolou no novelo de lã de ovelha, ficando em quarto lugar. O Almeida visitou o estádio errado.

Milagre em Itajaí – mesmo perdendo pênalti (deve ser o terceiro ou quarto que eles perdem), o marujo afogado conseguiu vencer o time da terra da fartura, e de virada. Será o começo de uma nova era ou apenas a melhora antes da morte? O marinheiro deu uma respirada, está três pontos para sair da zona negra e ainda colocou a lanterna na mão dos marrecos. O time Ibirama tinha pouquíssimas chances de título, mas se vencesse, teria pulado para a terceira posição. O time de Itajaí agora recebe o campeão do turno, o time do parafusito, enquanto os meninos do seu Marchetti, que devem levar um puxão de orelha do patrão, viajam até o sul.

Tudo igual no sul – num calor escaldante, os finalistas do ano passado ficaram no empate. Resultado ruim para os dois, pois os amarelos caíram para sétimo e os índios perderam o título que já esteve no colo deles, segundo alguns “intendidos”. O time do sul começa o turno recebem os rapazes de Ibirama e os índios nem voltam para terra, pois na quarta vem para a capital enfrentar o Leão.

Cão que late não morde – o cão Boriú vem latindo em todos os jogos, mas de novo, apesar das chances criadas, levou uma bordoada do time do parafusito. Eu achava que eles não iam precisar se incomodar com o rebaixamento em virtude dos fraquíssimos concorrentes, mas penso que agora é bom eles olharem a tabela e verem que o marinheiro que estava afogado, começou a sonhar em chegar vivo na praia. O time de Camboriú recebe o time do balé e o time do parafusito vai até Itajaí.

Marreco no fundo do poço – depois de nove jogos, o marreco chegou finalmente ao seu lugar, que é a lanterna, travando uma luta destemida com os marinheiros. Pode até sair de lá, mas da zona negra vai ser difícil. O time teve suas chances de vencer o time do balé, perdendo até pênalti, mas no fim, o laranja lima fez a diferença e conquistou mais uma vitória para o time do norte. O time de Brusque recebe o único time que ganhou neste campeonato, do craque RC e a turma do balé vai até Camboriú, tentar devolver a derrota na estréia do campeonato, na esperança de continuar lutando pelo título.

Leão e o seu Almeida - o time do Leão dominava o jogo, mesmo sem muito perigo, até que o Almeida entrou em campo e em mais um apagão da defesa, o time de Blumenau deu seu primeiro chute ao gol e marcou, com a colaboração da mão de alface do goleiro azurra. Depois foi aquela agonia, até o apito final. Destaque para a tremenda encenação dos jogadores verdolengos e da parcimônia do soprador de apito. Agora, o Leão começa o turno recebendo os perigosos índios e o time de Blumenau vai até Brusque, enfrentar os marrecos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados