sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Calma gente!


A insatisfação na blogosfera avaiana é geral. Não era de esperar outra coisa, depois de duas derrotas, uma no clássico e outra numa noite de futebol ruim. Tem gente dizendo até que a campanha é muito ruim.

Bem, olhando os números, veremos que não é bem assim.

O Leão tem 15 pontos conquistados em 5 vitórias contra Atlético, Criciúma e Camboriú em casa e Marcílio e Brusque, fora. Perdeu fora da Chapecoense e Joinville e em casa contra o Tombense. Apenas a derrota do clássico estava fora dos planos, pois um empate era o mínimo que se esperava. Perder em Chapecó é regra para quase todos os visitantes e talvez um empate em Joinville é que poderia ser mais esperado, mas este ponto não faz diferença neste momento.

O time do Oeste tem 17 pontos, oriundos de 5 vitórias contra Avaí, Tombense, Camboriú, em casa e Marcílio e Brusque, fora. Empatou em casa contra o Metropolitano e fora contra o Atlético e perdeu para o Joinville. Todos os resultados foram dentro do esperado, com exceção, talvez, do empate em casa contra o time de Blumenau, que pode até ser considerado um tropeço. Se tivesse vencido, estaria com 19 pontos e com a mão na taça.

O time do parafusito também tem 17 pontos, obtidos nas vitórias contra Marcílio, Metropolitano, Criciúma e Brusque, em casa, e contra o Avaí, fora. Ainda teve dois empates, contra Joinville e Atlético fora. A única derrota foi contra a Chapecoense, no oeste. Todos os resultados eram esperados, com exceção do clássico, cujo resultado era imprevisível.

A diferença da pontuação do Leão em relação aos dois outros times está justamente no confronto direto. Se o Leão tivesse empatado nestes dois confrontos, seria líder isolado com 17 pontos, deixando os times do Oeste e do Estreito para trás com 15 pontos cada.

Se tivesse ao menos empatado o clássico, mesmo com derrota no oeste, ainda sim o Leão teria grandes chances, pois estaria com 16 pontos, atrás do time do Oeste com 17 e na frente do Tombense, com 15. Uma vitória diante do Metro combinada com um empate em Criciúma, resultados normais, dariam o título para o Avaí.

Ou seja, se a campanha não é excelente, também não é tão ruim assim.

Até o clássico, o Leão vinha sendo eficiente, conquistando os pontos e alcançando a liderança. No clássico, o time fez um bom jogo e foi derrotado num lance isolado. Já em Joinville, aí sim, a maionese desandou. Só não podemos dizer que está tudo errado por causa desta derrota.

Tenho certeza que se o líder ainda fosse o time do Oeste, a gritaria não seria tão grande. Boa parte da insatisfação está no fato do time das barbies estar na liderança. Eles estão na ponta, mas não os vejo mais como favoritos ao título, pois nem estão jogando essa bola toda.

Não é hora de mudanças e nem de comparar o Ovelha com Benazzi. Nem era a favor de sua contratação como técnico, mas ainda é cedo para mandá-lo embora. Vi até gente elogiando o Argel, dizendo que o Joinville é um time organizado e o Avaí não. Para com isso. O Ovelha conseguiu 5 vitórias seguidas e pode muito bem recolocar o Leão no caminho das vitórias.

Temos que acreditar e apoiar. E tudo começa no domingo. Eu vou lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados