segunda-feira, 26 de março de 2012

Público zero = Torcida Nota Zero

Os torcedores estão, com toda razão, tristes com a situação do Avaí, de saco cheio com as opções do técnico e com a atuação dos jogadores, furiosos com a diretoria e muitas outras coisas.

A torcida não é culpada pelas besteiras da diretoria ou pelos erros dos técnicos e dos jogadores.

Mas a torcida também vem errando. E muito.

Os torcedores não podem ser tratados apenas como vítimas e coitadinhos, que foram afugentados da Ressacada por causa dos preços, do trânsito, da diretoria, dos resultados, da chuva, do sol, da praia, do aniversário da sobrinha do cunhado da vizinha da irmã, do jogo do Oeste x Portuguesa que passou na TV, etc.

Ninguém é mais avaiano por ser sócio ou não, por ir ao estádio ou ficar em casa.

Mas como reclamar do time e da diretoria se não faço minha parte? Se não posso ser do CD ou trabalhar no Avaí, será que a minha única possibilidade de ajuda é ficar reclamando nas rodinhas dos amigos ou nos blogs, seja nos comentários ou nas postagens?

Todos tem direito de reclamar, sócios ou não, presentes ou ausentes. Mas será que não seria melhor ajudar o clube, indo aos jogos e apoiando o time?

Sim, apoiando o time, porque para ficar vaiando é melhor ir para a torcida adversária ou ficar em casa. Não adianta ir para vaiar, porque não vai estar ajudando.

Se o time é de R$ 1,99, nossa torcida hoje, pelo apoio que vem mostrando ao time, não vale mais do que R$ 3,00. E acho até que a estou supervalorizando.

A torcida não pode confundir o clube com a diretoria. Se a diretoria está levando o clube para o buraco, a torcida está de braço cruzado, assistindo a tudo isso. E fugir do estádio não é a melhor maneira para mudar as coisas.

Agora vem esta idéia de público zero. Todos dizem que tem direito de dar a sua opinião. Eu também tenho. Se a torcida fizer isso, aí mesmo é que o valor dela vai reduzir:

vai virar TORCIDA NOTA ZERO

3 comentários:

  1. Concordo, Paulinho, a torcida do Avaí tá com medo de sentir medo.

    ResponderExcluir
  2. Respeito à posição de cada um, a minha e que os dirigentes passam e isso não vai sensibilizar o presidente, pelo contrario, vai fragilizar mais o grupo. Mesmo contrario a permanência de Zunino, Arini e alguns jogadores antiprofissionais e sem comprometimento com nada, para mim é hora de união. Acho que cobranças sobre a direção devem ser feita de outras formas e o melhor no momento e incentivar o time do começo ao fim, e só vaiando ( toc,toc, toc) se for necessário ao final do jogo.

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente, parabéns pelo post.

    ResponderExcluir

Comentários com ofensas ou palavrões não serão publicados